Amanhece...
Tudo é Você... Tudo é Você...
A Viagem e o Viajante...
Não há nada fora, além de uma caixa de espelhos.
A certo Momento, fecha-se os olhos a ela...
E Desperta-se Lá... nas Dimensões internas.

E nenhum coração pulsa só...
Nenhum coração pulsa por si.
Todo Coração Canta em Si...
Ainda que os olhos não vejam.

Então...
Como contas em um colar que não tem fim,
pois o Círculo é Esfera em outra Dimensão
Seja os meus olhos, que Eu Sou os Seus...
Seja os meus braços, como Eu Sou no Abraço...
"Tão mais fácil Condução assim..."
Amor
Ecoa...
E o que ecoa está cumprido.

Salve!
.

Abra os olhos

Abra os olhos
Só há UM aqui... Amor.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Sem qualidades

Toda representação exige um complemento para qualificá-la.
Assim nos aprisionamos aos limites da dualidade em 3ª Dimensão.
As representações não se satisfazem sozinhas, precisam de predicados... bom-mau, quente-frio, alto-baixo, feio-bonito, melhor-pior...
O Ser não exige complemento.
É pleno em si porque se uniu ao Todo.
É esta Dimensão que alcançamos quando silenciamos todas as qualidades que nos representam.

Um comentário:

Cibele disse...

Exatamente. E como diz a teosofia: "Só no silêncio absoluto do ser, poderemos nos encontrar".
Muito bom esse blog. Estou linkando, ok?

Paz profunda.