Amanhece...
Tudo é Você... Tudo é Você...
A Viagem e o Viajante...
Não há nada fora, além de uma caixa de espelhos.
A certo Momento, fecha-se os olhos a ela...
E Desperta-se Lá... nas Dimensões internas.

E nenhum coração pulsa só...
Nenhum coração pulsa por si.
Todo Coração Canta em Si...
Ainda que os olhos não vejam.

Então...
Como contas em um colar que não tem fim,
pois o Círculo é Esfera em outra Dimensão
Seja os meus olhos, que Eu Sou os Seus...
Seja os meus braços, como Eu Sou no Abraço...
"Tão mais fácil Condução assim..."
Amor
Ecoa...
E o que ecoa está cumprido.

Salve!
.

Abra os olhos

Abra os olhos
Só há UM aqui... Amor.

sábado, 1 de novembro de 2008

Por Amor

Os idiomas se tornaram diferentes?
Parece que ninguém compreende mais você?
Por um momento, é assim mesmo.
O incompreendido está em outra Dimensão.
E cabe a ele compreender.
Difícil?
Só para o ego.
As dimensões são tão próximas, que muitas vezes saltamos de uma para outra e nem percebemos.
Mas, é compreendendo que tomamos consciência sobre o Salto.
Daí em diante, fica mais fácil...
Voltamos a ser compreendidos... porque compreendemos.
Cada qual em sua Dimensão.

*Webdesign de Lúcia Campos, sobre foto de Jerry Uelsmann

2 comentários:

Lucia Campos virtual disse...

Muito me sensibiliza, querida, quando vc aceita minha agulha no tricô...Se eu fosse um cachorrinho, a cauda estaria abanando com alegria!
Namastê!

silfreedom... disse...

Acordei pensando em um “desafio”...


Fiquei pensando como os pequenos gestos de gentileza fazem sua parte no amor..O amor é atento, cuidadoso, compreensivo..Aquele que ama olha para o ser amado com carinho, buscando sentir no outro a si mesmo..Pequenos gestos denotam o cuidado e atenção e no amor isso é fundamental. E aí veio o “desafio gramatical”....

Gentileza começa com “G”

E Amor?

Amor...começa com “G” também!

O desafio agora é amar com todas as letras!