Amanhece...
Tudo é Você... Tudo é Você...
A Viagem e o Viajante...
Não há nada fora, além de uma caixa de espelhos.
A certo Momento, fecha-se os olhos a ela...
E Desperta-se Lá... nas Dimensões internas.

E nenhum coração pulsa só...
Nenhum coração pulsa por si.
Todo Coração Canta em Si...
Ainda que os olhos não vejam.

Então...
Como contas em um colar que não tem fim,
pois o Círculo é Esfera em outra Dimensão
Seja os meus olhos, que Eu Sou os Seus...
Seja os meus braços, como Eu Sou no Abraço...
"Tão mais fácil Condução assim..."
Amor
Ecoa...
E o que ecoa está cumprido.

Salve!
.

Abra os olhos

Abra os olhos
Só há UM aqui... Amor.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Réquiem para a razão

Co-criando com o Coração...
Eis o Novo Mundo que estamos a desvelar.
O resto é ilusão.
Casca grossa que deixamos lá fora...

16 comentários:

Astrid Annabelle disse...

É isso mesmo...um Mundo novo...totalmente.
Eu que o diga!!!
Daqui a dez dias completo a mudança de residência...
Seu post vem a calhar!
Um beijo
Astrid Annabelle

adriana disse...

Astrid,
Faço votos de que seja mais uma bela Viagem!
Namaste

marcelo dalla disse...

Um novo mundo pela frente... Boa viagem a todos nós!!! bjos querida

EVELIZE SALGADO disse...

O mundo do coração, sem divisas, sem eu nem tu.

A Paz!!!!

adriana disse...

Marcelo,
Boa viagem para todos nós!
Iuuupppiii!
:)

adriana disse...

Evelize,
Sim, sem divisas!
:))

Adelaide Figueiredo disse...

Adriana,

Que bom um Mundo Novo pela frente! Cheio de Sonho, de Paz.

adriana disse...

E que belo Mundo!
:)

António Rosa, José disse...

Adriana

Título muito feliz. Lembrou-me Mozart, imediatamente.

adriana disse...

António,
Para mim é um dos réquiens mais belos.
Eu creio que é momento de concentrarmos energia para co-criar.
E a razão não tem dado conta de acompanhar o Norte.
A minha pelo menos.
:)

Christiane disse...

Lindo...

"Tresvalorar" .... Lembrou-me Nietzsche

beijos...

Chris

Maria Izabel Viégas disse...

Ó Adriana, que lindo! É ... preciso de fazer um réquiem mesmo com urgência para os resíduos de razão que ainda me me prendem, pois sufocam.
mas ... é isso, querida, co-criadores da grande energia amorosa, re-inventando, desvelando em nós o amor que existe em nós por todos nós!
Aprendemos durante toda a nossa vida a usar a boa razão e num instante redescobrimos que ela não dá conta. Só o amor dá.
Que imagem belíssima, querida!
Beijos no seu coração!

adriana disse...

Christiane,
Nem sei se a questão é tresvalorar porque este conceito ainda segue de mãos dadas com a razão.
A razão nos sustenta presos à dualidade... à incapacidade de co-criar. E eu creio que é chegado momento de desvelar nosso poder de co-criação. Aprender a usar os instrumentos que já nos foram indicados.
Sem chorumelas... :)

adriana disse...

Izabel,
Sufocada... é exatamente como me sinto.
Há de existir algo mais a fazer do que insistir neste desconforto.
Buscar e lembrar... buscar e lembrar...
Com Amor & Luz!

CarlaSofia disse...

Mas temos de deixar esse coração falar, SER esse coração pleno de amor. De outra forma será apenas e mais uma vez ilusão...

adriana disse...

Este Coração já está falando, Carla.
Precisamos apenas ouvi-lo.
:)