Amanhece...
Tudo é Você... Tudo é Você...
A Viagem e o Viajante...
Não há nada fora, além de uma caixa de espelhos.
A certo Momento, fecha-se os olhos a ela...
E Desperta-se Lá... nas Dimensões internas.

E nenhum coração pulsa só...
Nenhum coração pulsa por si.
Todo Coração Canta em Si...
Ainda que os olhos não vejam.

Então...
Como contas em um colar que não tem fim,
pois o Círculo é Esfera em outra Dimensão
Seja os meus olhos, que Eu Sou os Seus...
Seja os meus braços, como Eu Sou no Abraço...
"Tão mais fácil Condução assim..."
Amor
Ecoa...
E o que ecoa está cumprido.

Salve!
.

Abra os olhos

Abra os olhos
Só há UM aqui... Amor.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Seguimos...

11 comentários:

Meri Pellens disse...

Que bom que tem legendas! Obrigada. A mensagem me fez grande bem. Bj.

Maria de Fátima disse...

Olá Adriana, linda mensagem.Beijos.

Adelaide Figueiredo disse...

Adriana,

Bela mensagem! Bjs

António Rosa, José disse...

Adriana

Belo trabalho o seu. Escolha da música, do texto, da concepção criativa. Muito bom. Reconheci a sua escrita e o estilo da mensagem. O caminhante é um must! Gostei. Abraço.

adriana disse...

Caros:
@Meri
@Maria de Fátima
@Adelaide
@António

Este texto é um agradecimento que faço a esta etapa concluida da Jornada.
Muitos vezes, o que não faz sentido à mente, fala ao coração que, de fato, é quântico.

Por isso, estou convencida de que a melhor oração é o reconhecimento daquilo que já nos foi concedido... ainda que não o tenhamos alcançado em Consciência.

Em outras palavras, ao chamarmos os outros, estamos chamando a nós mesmos. E vice-versa.
É assim que enviamos recados de Lá... para cá. De onde Somos e vamos a passos largos nos lembrando... por isso é Cósmico.

Meu muito obrigada por terem se expressado.

Um abraço fraterno,

Cibele disse...

Linda mensagem. Que continuemos o nosso caminho, e como a própria mensagem diz, com muita gratidão.
Beijo na alma.

tereza disse...

Muitos vezes, o que não faz sentido à mente, fala ao coração que, de fato, é quântico”.
Tb sinto assim Adriana, e como fica "difícil" a nossa mente racional entender, se não se render a algo maior como a energia do amor vinda do coração...energia quântica, dai talvez a mente fracionaria ser difícil classificar, ela dentro da dualidade e a energia, não dual. E volta-se ao arbítrio. Onde os que sente, soltam as pedras mentais, como você já colocou.
Adorei...Parabéns!
beijos
PS: retirei comentário por erro de gramática

adriana disse...

Cibele,
Que bom que você voltou à blogosfera.
Sim, acredito que a gratidão abre as portas para a compreensão amorosa do Caminho.
Beijo na alma pra você também.

adriana disse...

Querida Tereza,
Este é mesmo o "ponto de mutação".
Mente=dual
Energia do Coração=não dual.
Onde focamos a Consciência?
A escolha é nossa.
A parte que nos cabe compreender.
A&L

cristinasiqueira disse...

Oi Adriana,

Uma pausa no meio do dia.
Ótima escolha,suavidade e sil~encio.

Obrigada,


Cris

PS- Venha me visitar.

adriana disse...

Olá, Cristina
Agradeço a visita.
Estive em seu blog mas não consegui postar comentário.
Seja sempre bem-vinda por aqui.
Um abraço fraterno,