Amanhece...
Tudo é Você... Tudo é Você...
A Viagem e o Viajante...
Não há nada fora, além de uma caixa de espelhos.
A certo Momento, fecha-se os olhos a ela...
E Desperta-se Lá... nas Dimensões internas.

E nenhum coração pulsa só...
Nenhum coração pulsa por si.
Todo Coração Canta em Si...
Ainda que os olhos não vejam.

Então...
Como contas em um colar que não tem fim,
pois o Círculo é Esfera em outra Dimensão
Seja os meus olhos, que Eu Sou os Seus...
Seja os meus braços, como Eu Sou no Abraço...
"Tão mais fácil Condução assim..."
Amor
Ecoa...
E o que ecoa está cumprido.

Salve!
.

Abra os olhos

Abra os olhos
Só há UM aqui... Amor.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Nova ópera

Ficar se encolhendo aqui?
Ou buscar a magnificência Lá?

Esse é o dilema de um ser em trânsito...
Entre dimensões.

“Abra as asas sobre nós”, canta o coro celestial.
Eternamente...

8 comentários:

António Rosa disse...

Saber estar aqui, indo lá, regressando aqui, indo lá, regressando aqui, até desencarnarmos...

A experiência é feita aqui.

Tenho muito interesse sobre a transição.

Marise Catrine disse...

Cá e Lá,
mas sempre na busca do AMor e Luz.

;)

Beijos

adriana disse...

António,
Esta é a solução do dilema, não?
O trans-formar contínuo.
Através do Amor... a grande Lição.
É isso, não?
A&L

adriana disse...

Marise,
Estamos no Caminho...
A&L

Shin Tau disse...

:)

adriana disse...

:)

EVELIZE SALGADO disse...

Muitas vezes sinto o aqui e o lá ao mesmo tempo. Um aqui que é, um lá que já foi, mas será novamente.

O importante é não parar...

Adriana,viste nosso texto? Adorei o trabalho.

Bjinhosssssssss

adriana disse...

Vi sim, Evelize.
Acredito que se tornou um conjunto harmônico.
Várias vozes buscando o Caminho!
A&L