Amanhece...
Tudo é Você... Tudo é Você...
A Viagem e o Viajante...
Não há nada fora, além de uma caixa de espelhos.
A certo Momento, fecha-se os olhos a ela...
E Desperta-se Lá... nas Dimensões internas.

E nenhum coração pulsa só...
Nenhum coração pulsa por si.
Todo Coração Canta em Si...
Ainda que os olhos não vejam.

Então...
Como contas em um colar que não tem fim,
pois o Círculo é Esfera em outra Dimensão
Seja os meus olhos, que Eu Sou os Seus...
Seja os meus braços, como Eu Sou no Abraço...
"Tão mais fácil Condução assim..."
Amor
Ecoa...
E o que ecoa está cumprido.

Salve!
.

Abra os olhos

Abra os olhos
Só há UM aqui... Amor.

domingo, 29 de junho de 2008

A Nova Energia

Foi correndo atrás de tudo que acabei chegando à Nova Energia.
E, afinal o que é isto?
É difícil (ou impossível?) definir a Nova Energia através dos parâmetros tridimensionais da consciência: comprimento, largura, profundidade e tempo.

Melhor é começar citando o que ela não é:
A Nova Energia não é uma religião. Não é uma escola. Não é um dogma. Não é uma corrente de pensamento. Não é um movimento, como a Nova Era.

Não é uma novidade.
A Nova Energia é um jeito de Ser.
Um jeito de Ser que não é ajeitadinho, senão estaria nos limites tridimensionais. É a consciência em 3ª. Dimensão que necessita de ângulos retos, eixos cartesianos, cinco sentidos para se expressar. Mas, sobretudo, é a consciência tridimensional que nos mantém cercados entre dois pontos opostos – a dualidade – por onde vamos e voltamos indefinidamente para classificar a realidade. Isto é, aquilo que consideramos real.
Bem ou mal; certo ou errado; luz ou sombra; frio ou quente; vida ou morte. Existe uma lista infindável de pólos opostos construídos pela lógica dual, cuja base é excludente e se expressa pela sentença – ou isto, ou aquilo. Dito desta forma, parece uma prisão. Mas, nossa consciência tridimensional precisa desta prisão para se acomodar.
A Nova Energia desajeita tudo isso. E nos convida a explorar novos territórios, para além da dualidade. Quando começamos a explorá-los compreendemos que eles não são, de fato, novos. Apenas aguardavam amorosamente o momento de serem descobertos.
A Nova Energia é um convite às paisagens de 5ª. Dimensão. Uma ferramenta que deixamos no Caminho, para nos lembrarmos de despertar; para nos lembrarmos que era momento de habitar uma outra consciência.
Hoje em dia é fácil ir ao encontro da Nova Energia porque o universo conspira a favor.
A partir daí, é seguir a bússola. Mas, aonde é mesmo que ela está?


2 comentários:

silfreedom... disse...

É isso mesmo querida.A bússola está no "cuore"...e é preciso mesmo "ouvir a bússola!"

Maria Lúcia disse...

Puxa, como é que vou fazer????
Acho que esqueci a bússola em casa!
Paciência, como disse a silfreedom, vamos ter de ouvir a bússola!!!!!