Amanhece...
Tudo é Você... Tudo é Você...
A Viagem e o Viajante...
Não há nada fora, além de uma caixa de espelhos.
A certo Momento, fecha-se os olhos a ela...
E Desperta-se Lá... nas Dimensões internas.

E nenhum coração pulsa só...
Nenhum coração pulsa por si.
Todo Coração Canta em Si...
Ainda que os olhos não vejam.

Então...
Como contas em um colar que não tem fim,
pois o Círculo é Esfera em outra Dimensão
Seja os meus olhos, que Eu Sou os Seus...
Seja os meus braços, como Eu Sou no Abraço...
"Tão mais fácil Condução assim..."
Amor
Ecoa...
E o que ecoa está cumprido.

Salve!
.

Abra os olhos

Abra os olhos
Só há UM aqui... Amor.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Entre parênteses

Servir não é ser subserviente.
A subserviência ainda é servida pelo ego. Tanto quanto a prepotência.
Servir é permitir, compreender, reunir, unificar.

Um comentário:

Maria Lúcia disse...

Muito bem dito: subserviência é colocar-se abaixo de alguém, esperando ser reconhecido, e servir, neste caso, é um verbo intransitivo. Você serve porque assim decidiu, serve a todos que encontrar pelo caminho.
Jesus Cristo, ao lavar os pés de seus discípulos, nos dá mais uma perfeita representação do Servir...